18 de dez de 2009

Um monstro chamado Cielo

Não existe palavras para falar deste fenômeno das piscinas. O que Gustavo Borges conseguiu com muito custo, Cielo leva a outro nível. Um nível que talvez ninguem chegará nunca mais. Com muita dor e sofrimento, mas com uma confiança sem fim. Este é o cara. Guga que me perdoe, mas nos esportes individuais, o Brasil tem um novo dono.

9 de dez de 2009

Jornalismo Online: A informação em (quase) tempo real

Vocês lembram-se daqueles programas “jornalísticos” de anos atrás que tinham noticias “requintadas”? Voce assistia algo no “Jornal Hoje” e depois veria o caso “reprisado” no Aqui Agora com 3 dias de atraso. Ou alguma história comovente no “Jornal da Bandeirantes” que seria tema no dia seguinte do “190 Urgente”. Por sinal, estes programas vislumbravam mais o entretenimento em cima de noticias do que fornecer conteúdo relevante dentro das politicas de jornalismo do canal em questão para preencher a programação. Pois bem, eu me lembro destes programas muito bem e de alguns exemplos assim.

Porém neste meio tempo a Internet popularizou e com um discurso de informação compartilhada em tempo real tornou-se o oásis para aquelas pessoas sedentas de informação. E a possibilidade de gerar conteúdo através de diversas formas diferentes de mídia com um custo mais barato do que a TV auxiliava ainda mais esta linha que seguiria de como deveria ser o jornalismo na web. Isto, em tese, deveria diminuir os casos de informação antigas virarem notícias por linhas tortas.

Porém hoje quando deparei com esta noticia sobre os prováveis contratados pelo time do Corinthians no site da Folha, eu fiquei pensando como alguns veículos ainda conseguem fazer uso deste artificio, mesmo na condição de destaque que está na Folha como a mais lidas do setor de Esportes do jornal. Veja no screen print abaixo meus grifos com a data da notícia e a posição da liderança no ranking de mais vistas(por volta de 9 horas da noite)

corinthians

E porque a comparação com aqueles programas de outrora que não traziam informação nova, apenas reformulava noticia velha. Veja este vídeo com o presidente Andres Sanchez do programa Arena Sportv do dia 08/12/2009 e compare com o que a reportagem diz:

Após a comparação, fica evidente que a Folha Online utilizou esta entrevista como base para sua matéria. O problema é que foi fornecido o mesmo conteúdo sem citação de fonte, e a matéria foi ao site um dia depois da veiculação na TV paga e reproduzido na Internet como se fosse uma novidade.

Repare que os exemplos anteriores eram de programa que não tinham nem o foco informar o grande público, e sim entreter alguns através do show que vinham carregados nos fatos demonstrados. Mas aqui, por tratar-se de um grande jornal da Internet, que deveria ser a portal principal para as informações em tempo real, utiliza de um subterfugio desgostoso para muito de seus leitores, inclusive eu.

Em tempo: acho a Folha o jornal com os melhores e mais renomados nomes do Jornalismo brasileiro. Mas ainda deve muito na sua integração com outras mídias. Pois como vimos, não adianta ter o slogan mais bonito. Tem que cumprir o que é dito na chamada dos comercias.