12 de fev de 2007

Romário e os "1000 Gols"

As contas de Romário contabilizam que falta apenas 10 Gols para ele chegar aos 1000.

Ora, seria muito fácil achar isso.

Seria, pois não é.

Romário é um grande genio, melhor atacante Brasileiro de todos que eu vi jogar.

Mas está busca parece, digo, parece mais um golpe do baú para garantir uma aposentadoria entre os imortais da bola do que qualquer outra coisa.

O ego dele é grande, percebe-se isto em qualquer entrevista. E ele tem esta meta, até natural.

Mas os números não são aqueles, como foi demonstrado recentemente no Blog do Juca.

Porém, grupos de torcedores, principalmente cariocas ironizam qualquer crítica das pessoas que vem com indagações à legitimidade da marca como ações movidas por bairrismo ou inveja.

Ou seja, analisam os fatos com uma visão bem simples e que impede um profundo olhar sobre os fatos, que também incluiriam ações relacionadas ao nome do Romário após esta marca, principalmente da Fifa (que altera suas leis e não investiga como deveria os fatos históricos) e a Redes de TV (que tem no seu acervo milhares de lances do "baixinho" e renderiam homenagens que atrai audiência e dinheiro).

E aí o problema aumenta, pois tanto TVs quanto a FIFA legitimam isso e criam uma falsa verdade no ar, que muitos compram.

Nada contra o Romário chegar aos 1000 Gols.

Só que da maneira correta.