26 de ago de 2006

One VS One

One vs One

Talvez seja apenas coincidência, mas a duas letras buscam ser únicas e autênticas. Enquanto uma fala sobre amor, outra é desespero. Enquanto uma tem tendências para nunca desistirmos, a outra pede pelo fim. Uma marca pelas frases curtas. Nisso a outra é igual.

Afinal, o que existe de melhor ou pior nas duas é aquilo que existe na vida de cada um. Com certo apelo emocional, no amor do dia-a-dia ou na guerra, seremos sempre um

ONE – U2

Está melhorando
Ou você ainda sente a mesma coisa?
As coisas vão ficar mais fáceis para você
agora que você tem alguém para culpar?
Você diz
Um amor
Uma vida
Quando é alguém que à noite precisa
De um amor
Temos que compartilha-lo
Ele te abandona, baby
Se você não cuida dele
Eu te decepcionei?
Ou deixei um gosto ruim em sua boca?
Você age como quem nunca teve um amor
E quer que eu continue sem nenhum
Bem, é muito tarde
Esta noite
Para trazer o passado à tona
Somos um
Mas não somos os mesmos
Temos que carregar um ao outro
Carregar um ao outro
Um...
Você veio aqui pelo perdão?
Você veio levantar os mortos?
Você veio aqui brincar de Jesus
para os leprosos que você inventa?
Eu te pedi muito?
Mais do que devia?
Você não me deu nada
Agora é tudo que eu tenho
Somos um
Mas não somos os mesmos
Ferimos um ao outro
E estamos fazendo de novo
Você diz
O amor é um templo
O amor é a lei suprema
O amor é um templo
O amor é a lei suprema
Você me pede para entrar
E então você me faz rastejar
E eu não posso continuar me agarrando ao que você tem
Quando tudo que você tem são feridas
Um amor
Um sangue
Uma vida
Você tem que fazer o que deve
Uma vida
Entre si
Irmãs
Irmãos
Uma vida
Mas não somos os mesmos
Temos que carregar um ao outro
Carregar um ao outro


ONE – Metallica
Não consigo me lembrar de nada
Não posso dizer se isto é sonho ou realidade
Dentro me sinto gritar
Este silêncio terrível me prende
Agora que a guerra acabou comigo
Eu estou acordando, eu nao posso ver
Que não resta muito de mim
Nada é real a não ser a dor
Prendo minha respiração eu quero morrer
Por favor, deus, me acorde
De volta ao útero é real demais
Dentro pulsa a vida que tenho de sentir
Mas não posso olhar adiante para revelar
Olhe para o tempo que irei viver
Alimentado pelo tubo enfiado em mim
Como uma novela de tempo de guerra
Preso a máquinas que me fazem existir
Corte esta vida de mim
Agora o mundo não existe mais, sou apenas um Deus ajude-me
Prendo minha respiração eu quero morrer
Por favor deus me ajude
Trevas me aprisionando
Tudo o que vejo
Horror absoluto
Eu não posso viver
Eu não posso morrer
Preso em mim mesmo
Meu corpo é minha cela
O campo minado levou minha alma
Levou minha fala
Levou minha audição
Levou meus braços
Levou minhas pernas
Levou minha alma
Me deixou com vida no inferno

Um comentário:

O O O disse...

One -> U2...
Love is a temple... Love is the higher law...

É...
Tenho uma opinião tendenciosa... =P
Mas enfim...