29 de mar de 2010

Armando Nogueira

A reportagem do Jornal Nacional sobre a morte de Armando Nogueira é simples e direita, talvez como a poesia que o Mestre levou para suas crônicas de Jornal e seus textos sobre o futebol. Algo que ninguém tem mais. Algo que ninguém terá e compreenderá.