10 de mai de 2010

Entre o comercial da Seara e a copa do mundo

Existe coisas que nem Deus duvida. Uma delas é a ingerência no futebol. Outra coisa são ideias criativas.

Não que seja muito criativo fazer um comercial inspirado naquele clipe, que segundo Kanye West, é um dos melhores clipes de todos os tempos. Mas a forma como foi feito, com os movimentos da dança sensual de Beyoncé trocados pela ginga e a habilidade dos Garotos Neymar e Paulo Henrique Ganso, além do homem propaganda do Santos Robinho, é criativa sim!

Monique Gardenberg, produtora, diretora teatral e cineasta, com vasta experiência na área de videoclipes (recomendo assistir o clipe de Não Enche, do Caetano Veloso, para entender um pouco do seu trabalho), fez um excelente trabalho, em cima da ideia elaborada por Marcelo Tas:


Pra quem ñ viu: comercial da Seara c/ meninos da Vila. Criação minha e da @lagarden (q tbem dirigiu) p/ @agenciaafrica http://bit.ly/9GXJMyless than a minute ago via TweetDeck

O comercial está logo aqui abaixo:


Agora, alguns fatos que devem ser levadas em conta:

A Seara, como muitos puderam observar, foi comprada pela Marfrig. Após este negócio, começou uma expansão da marca Seara em vários segmentos, porém um dos setores mais investidos é o patrocínio ao futebol. Primeiro, a Marfrig acertou patrocínio para equipe do Santos. Logo em seguida, veio o patrocínio para a Seleção Brasileiro de futebol. E por último e mais importante, a Marfrig anunciará seus produtos, inclusive da marca Seara, na Copa do Mundo de 2010 e 2014.

Agora, no âmbito esportivo, existe um clamor grande entre vários torcedores pela convocação de Neymar e Ganso para a Seleção Brasileira. Em um passado não muito distante, Ricardo Teixeira convocou em rede Nacional Ronaldinho Gaúcho para a seleção Olímpica, quando era fato que o Técnico Dunga não tinha a menor pretensão de leva-lo para as Olimpiadas em Pequim.

Estas duas histórias se entrelaçam, e muito, pelo paixão do torcedor e pelos interesses comerciais envolvidos e evidenciados para o público em geral. Gostaria muito que o Dunga levasse o Neymar e o Ganso pelo que eles fazem dentro dos gramados, mas pode ser que nos bastidores algo possa acontecer, baseado no passado recente da gente que comanda o futebol no Brasil. E que isso venha atrapalhar o futuro destes garotos na seleção.