27 de set de 2009

R7 e o inicio

Sim, o famigerado portal da Rede Record de televisão está no ar. Como muitos perceberam via Twiiter, o site não trás nada de novo. Questões técnicas fundamentais foram deixadas de lado claramente neste primeiro momento. Não existe nenhum redirecionamento para o site quando você digita o endereço sem o www, assim como o dominio .com.br, que é de propriedade da Record. Os vídeos são inexistentes na homepage, e os efeitos estão restritos ao mouseover nos links (quando voce passa o mouse e algum efeito de preenchimento ocorre no objeto ao qual o mouse passou). Além da sobrecarga de acessos após o lançamento do site e sua semelhança com o seu principal rival, o portal G1

Mas a analise não pode ser feita apenas neste ponto. Fica muito claro que a Record não está nem um pouco preocupada com isso. O foco dela é outro. 

Em um primeiro momento, podemos ver de cara um grande número de nomes que chegam para trazer grife para o site. Fabiola Reipert, Rosana Hermann e Rubens Ewald Filho são alguns destes nomes, que terão espaço no blogroll do site, onde não falta um tema para ser discutido.

Porém, não fica só nisso. O conteúdo do site promete ser bombástico. Logo de cara, uma notícia que chama atenção é sobre o Senador Mario Couto, que segundo o site gasta quase R$ 5.000 em loja que vende descartáveis. A chamada da matéria não deixa dúvida nenhuma do enfoque da área política: “Senador tucano gasta quase R$ 5.000 em loja que vende descartáveis”. Claro que, para não ficar tão evidente esta intenção para os meros mortais, existia também a grande “noticia” que Geraldo Luis está namorando Franciely, ex-Fazenda.

Ou seja, ficou claro que o investimento de 100 milhões de Reais será utilizado para uma batalha muito maior do que falhas para acessar o site neste inicio. Vai dar muito pano para manga, sem sombra de dúvida.