11 de ago de 2009

Quando será o EBP 2010?

Eu em primeiro plano no EBP 2009, by flickr.com/tanaka No último sábado, ocorreu em São Paulo o EBP 2009 – Encontro de blogueiros publicitários. Como o próprio nome do evento diz, vários blogueiros foram convidados e/ou se inscreveram para discutir em diversas mesas temas ligados aos blogs e publicidade. Cada mesa era composta por participantes diferentes e que davam enfoques diferentes ao mesmo tema, por conta da liberdade dada para cada palestrante em apresentar suas idéias, não seguindo nenhum padrão imposto pela organização. Isso fez com que cada mesa fosse diferente da outra em relação na maneira de discutir o conteúdo com a platéia. Platéia esta que fez de tudo. Praticamente todos os presentes tinha sua conta no Twitter e atualizavam suas percepções sobre cada palestra. Com isso, era possível através da busca no Twitter Search pela Tag #ebp2009 saber o que cada um pensava a respeito do que ocorrera em tempo real a frente deles. Se fosse descrito em palavras em voz alta, seria uníssono os elogios sobre muito dos convidados.

Um elogio vale também para o local escolhido. Não existia estrutura melhor em São Paulo que a existente na FAAP para realização deste evento. A possibilidade de fazer um evento 100% interativo só possível graças a excelente conexão proporcionada pela instituição.

Outra coisa que devem ser mencionada foi o espaço dado para os anunciantes e suas ações em torno do evento. Ao pensar que um simples comentário no Twitter de um dos 150 participantes poderiam replicar para até 100 mil usuários diferentes no Twitter, fora os visitantes de outras redes sociais que tinham atualizações constantes como Flickr, Meme ou Orkut, as ações primaram pela originalidade e qualidade. Três ações que gostei muito foram a Olympus, com o seu desafio Blogueiro a Prova da Água, que irá gerar comentário pós evento sobre a Digital Stylus 850W, o Big Idea Chair, mais uma ação institucional do Yahoo!, e a Skol divulgando o lançamento da nova campanha comercial deles, o Churrasco! Esta última ação contou com um NoB por conta da Skol, mas que eu não fui por conta de outros compromissos. Ações que primaram por serem simples, direitas, e que falam diretamente com o quem eles queriam.

Além destes detalhes, outro fato que chamou minha atenção foi algumas frases que dentro e fora de um contexto marcaram o evento. Uma delas eu não tive oportunidade de ver ao vivo, mas foi muito propagada graças a este tweet do Merigo do Brainstorm 9, e foi lançada durante a apresentação do Raphael Vasconcellos:

“A propaganda é o preço que as empresas pagam por não serem originais”

Outras frases foram:

“O que me impressiona é a capacidade do brasileiro em ser tecnologicamente criativo” – Marcelo Tas

“O digital morreu, não existe mais como forma isolada de comunicação. Hoje o digital é tudo e nada ao mesmo tempo” – Marcelo Trípoli, falando sobre o fim da mídia digital e o surgimento de uma mídia única que engloba tudo.

“Criando cozinheiros que não sabem cozinhar.'' Neto da Agência Bullet falando sobre a sua preocupação com o mundo publicitário. Alias, esta frase foi proferida durante a melhor mesa de discussões do evento, quando a proposta foi discutir inovação, talvez os participantes (além do Muniz Neto, Pedro Porto, André Matarazzo e Igor Puga) não tenham conseguido discutir de fato o tema, que não retira em nada as ótimas sacadas discutidas.

Para quem quer ver algo mais sobre tudo o que aconteceu, no site do evento existe algumas das apresentações já disponíveis para revisão e download.

E antes de terminar esta entrada, ressaltar o belíssimo trabalho de background para o Guilherme Cury e o Gabriel Jacob, e deixar para eles uma pergunta que demonstra o que eu achei de tudo: quando será o EBP 2010?