5 de nov de 2009

Por um futebol melhor antes

Quando saiu algum tempo atrás na internet a noticia que a Globo Esportes, braço das Organizações Globo que negocia com clube dos 13 e a CBF a venda dos direitos de transmissão e de placas de publicidade do Campeonato Brasileiro, gostaria que o campeonato brasileiro tivesse pontos corridos, começou novamente a discussão sobre qual seria o melhor modelo para a disputa: na forma de Playoff, como foi muitas vezes disputado, ou seguir no jeito atual, através da “formula” dos pontos corridos.

Algumas das discussões referentes a isso são tipicamente discussões de botequim. Digo isso pois vejo muitos argumentos frágeis e que são facilmente desmontados. O que eu mais gosto de questionar é aquele que o sujeito diz: “Campeonato com playoffs é mais emocionante”. Quer dizer que a emoção do futebol não é mais relativa ao jogo, e sim ao campeonato e sua forma de disputa? Durante os 90 minutos de bola, ninguém pensa a respeito de qual é o modelo do campeonato. Todo mundo quer, primordialmente, ganhar o jogo.

Agora, existe sim uma razão para esta falsa impressão de que o campeonato com playoffs é mais emocionante que um campeonato com pontos corridos. Isso se deve a concentração de jogos importantes em um determinado período, no final. Mas ambos os campeonatos são marcados pelos jogos, e não pelo modus operandi deles.

É claro que não somente pelo lado dos playoffs existe este tipo de argumento. A favor dos pontos corridos, existe algo que tem tomado conta das rodas que é também um argumento muito duvidoso. Dizem que o sistema de pontos corridos é melhor porque obriga o clube a se organizar melhor. Ora, é pressuposto para qualquer time que queira ser campeão que tenha um mínimo de organização, independente do modelo. Até porque numa temporada regular existe espaço para torneio em ambos os formatos, portanto, o planejamento deve valer em ambos os casos.

No fundo, estes pontos só escondem os principais motivos sobre a escolha entre playoff e Pontos Corridos, que está muito além de paixões clubisticas e preferências dos torcedores. A discussão é diretamente ligada com a melhor forma de reverter renda para equipes, mesmo que de maneira imediatista. E existem pouca discussão em cima disso. Por exemplo, um playoff chama atenção para apenas alguns jogos, porém estes jogos terão uma procura muito maior e um retorno de mídia diferenciado em relação aos outros jogos que definiriam os classificados. Mas, como contraste, times que forem desclassificados precocemente teriam que pagar salários durante um período de inatividade.

Nos pontos corridos, os clubes estruturam as vendas de ingresso para todas as rodadas, como é feito na Europa. Entretanto, não temos estádios capazes de proporcionar o conforto necessário para que o torcedor crie o hábito de ir ao estádio. Como diz a Alessandra Colla Soletti Tussi ou Justale uma vez para eu, que odeia futebol, mas sabe muito de marketing, os dirigentes não se deram conta que um estádio de futebol deve ter uma estrutura comparável a de outro espetáculo cultural. É possível comparar um banheiro de um estádio com um banheiro de um teatro, por exemplo? Isso não fideliza o torcedor, e impacta diretamente uma possível venda de ingressos para temporada toda do seu time, uma vez que não existe nada que vá ao encontro das necessidades dele, muito pelo contrário.

E para completar esta discussão, ainda existem fatores que jogam contra ambos os sistemas de campeonato, como a indisposição de muitos dirigentes de estabelecer uma estrutura profissional que facilitasse alguma melhora nas condições para que algum modelo realmente atraia investidores dispostos a associar suas marcas com um produto bom em todos os sentidos.

Mas, se ainda ficamos em cima da discussão sobre qual o modelo de campeonato, em vez de pensar numa melhoria geral, fica bem difícil de termos algo bom. E esta discussão é gigantesca e deve ser tratada da maneira mais séria possível, já que isso também engloba em parte o que vem por ai na próxima Copa 2012

Ps: Mesmo achando a discussão inútil, minha opinião é a mesma da Lets_ no Twitter. Performance importa mais para definir o campeão! Mas não ligo que um campeonato em playoffs ocorra com o minimo de organização.