9 de jan de 2010

2010 ou 2012?

Alguns dias do ano novo assiste 2012. Novamente, o mundo acabou e poucos se salvaram. Um série de fenômenos climáticos em decorrência da atividade solar fizeram com que a humanidade fosse ameaçada do fim. E a solução encontrada por vários países foi a mesma de um certo livro, muito vendido e muito aceito como verdade por muitos no mundo. Enfim, um bom passa tempo para uma tarde chuvosa no meu período de folga.

E vem 2010, um novo ano que surge com muita expectativa, como é costumeiro no fim de qualquer ciclo. Porém, as noticias daqui lembraram um pouco o filme de ficção que fez um bom sucesso no ano passado. Pelo menos, o Cristo continua no lugar…

Mas é triste ver que muitas pessoas não terão um bom ano, uma vez que as perdas vão desde o lar construído com muita dificuldade, até parentes que acharam que iriam comemorar a virada como se fosse um recomeço, e mal sabiam que aquele momento era o fim.

Em algum momento no meio destas noticias, eu pensei que 2012 era uma lenda, e que a realidade era 2010. Triste lembrança que eu não gostaria de ter. E a vida segue, mas é difícil começar o ano e pensar nas pessoas que sofreram em Cunha, Guararema, Angra dos Reis, São Luiz do Paraitinga, Jardim Pantanal em São Paulo, Agudo. Meus sentimentos a todos que foram envolvidos por estes eventos.

Google+



Site Meter